Misteriosas Ondas vindas do Espaço


Misteriosas ondas emitidas do espaço estão sendo emitidas, porém ninguém sabe de onde estão vindo.

Na recente publicação do jornal científico britânico Nature, os cientistas descreveram os resultados das recentes pesquisas sobre o fenômeno de ondas de rádio, mas sem uma única referência ao fato que este ter sido provado por colegas russos quase 10 anos atrás, segundo o site Sputinik News. Embora o fenômeno, que também


pode ser chamado de “explosões rápidas de rádio” ou, na sigla em inglês, FRB (Fast Radio Burst) tivesse sido descoberto ainda nos meados do século XX, os seus primeiros sinais reais só foram registrados em 2007. Neste ano, o astrofísico oriundo da União Soviética Evgeny Mazets com coautores descreveu o primeiro caso de captação destes sinais.
O principal mistério é que ninguém sabe a causa da origem das explosões rápidas de rádio. Seria algum tipo de sinal de uma civilização extraterrestre?
Outro problema é que é muito difícil detetar as ondas, não só porque duram um milionésimo de segundo, mas também porque sempre existe um tipo de ruído espacial de fundo.

 Seriam sinais de alguma explosão estelar, ou estaria alguém nos enviando?

O primeiro caso registrado do fenômeno mostrou que as ondas tinham origem não em qualquer local da galáxia, mas eram emitidos da direção da Grande Nuvem de Magalhães, segundo foi descoberto por cientistas russos.
No mesmo ano de 2007, dois investigadores do Instituto Estatal de Astronomia Sternberg da Universidade Estatal de Moscou, Sergey Popov e Konstantin Postnov, publicaram um artigo na qual explicaram as suas teorias de origem das ondas. Além disso, eles sugeriram um mecanismo, que mostra como essas explosões podem ter origem em magnetares — estrelas de nêutrons magnetizadas.


No artigo publicado na última edição da revista Nature, pesquisadores liderados por Kiyoshi Masui, da Universidade de British Columbia (Canadá) concluíram que, qualquer que seja a fonte das misteriosas explosões, em torno dela deve existir uma grande quantidade de substância por onde os sinais passam.
Independente das hipóteses levantadas pelos especialistas, os FRBs continuam sendo um mistério. Muitos estudos e observações ainda serão necessários para que realmente possamos determinar o que acontece além da Via Láctea.

Anuncie Aqui!

 

Veja também:

Quixadá – A cidade onde a maioria já viu Disco Voador

 

Compartilhe e avante: 

 

 

  Ajude o Blogger em qualquer valor será de grande ajuda.